sábado, maio 18, 2024
Bestpix365
InícioCassinoComo montar uma empresa de Marketing Esportivo?

Como montar uma empresa de Marketing Esportivo?

Quer entender como montar uma empresa de Marketing Esportivo? Antes de tudo, entenda que essa é uma área com várias possibilidades de atuação para o mercado de trabalho.

Além disso, o Marketing Esportivo é somente uma das áreas do Marketing, especializada e atrativa para quem gosta de comunicação e esportes.

Sendo assim, se você possui interesse, vale destacar que essa é uma área que movimenta muito dinheiro. Ou seja, pode te oferecer ótimos salários. Por exemplo, o patrocínio do BS2 para o Flamengo envolveu um contrato de R$15 milhões.

Então, continue a leitura para saber como montar uma empresa de marketing esportivo.

Como montar uma empresa de marketing esportivo: o que é Marketing Esportivo?

Primeiramente, entenda que estamos falando de uma estratégia de promoção de serviços, produtos e ideias que envolve atletas, times e também eventos esportivos. Em suma, é uma maneira de conquistar o consumidor e gerar autoridade para a sua marca no mercado.

Sendo assim, você deve estar familiarizado com diversas práticas desse tipo de trabalho. Uma vez que, o marketing esportivo está crescendo. Bem como o investimento em publicidade e até mesmo apostas em sites especializados, como pix.

Por exemplo, Nike, Puma e Adidas são destaques mundiais por causa do marketing esportivo. Assim como McDonald’s, Coca-Cola e Petrobras. Até mesmo as emissoras de TV saem ganhando com patrocínios.

Como trabalhar com marketing esportivo na sua empresa?

De maneira geral, você pode trabalhar com Marketing Esportivo de várias formas. Por exemplo:

  • colocando a logomarca da sua empresa em uniforme de times;
  • ao realizar parcerias para lançar ou vender produtos. Por exemplo, Michael Jordan com a Nike;
  • através de campanhas na TV, transmitidas durante os intervalos de jogos ou então em programas esportivos;
  • fechando publi post no Instagram com o atleta escolhido para representar a sua marca.

Ou seja, são diversas as possibilidades para quem quer trabalhar na área.

Associação com eventos, clubes ou atletas

Definitivamente, os números do esporte são grandes diferenciais. Uma vez que mais da metade da população mundial assistiu à Copa do Mundo de 2018, realizada na Rússia. Ou seja, o evento contou com 3,572 bilhões de espectadores.

Já o Super Bowl, sendo a final da liga de futebol americano, teve 148,5 milhões de espectadores assistindo à transmissão em 2020. Sendo assim, o marketing esportivo são ótimas oportunidades para chamar a atenção do mercado consumidor.

Como montar uma empresa de marketing esportivo: perfil do profissional

Outro ponto importante é que as vagas no Marketing Esportivo costumam ser voltadas para profissionais criativos, curiosos, priorizando uma visão ampla, mais sistêmica e estratégica. Isso quer dizer que não basta somente acompanhar as tendências do mercado esportivo.

Uma vez que será preciso entender o comportamento do consumidor, para que você consiga posicionar a sua marca no mercado. Então, é preciso buscar conhecido sobre:

  • Qual é o segmento da empresa e também seu público-alvo. Ou seja, considere a faixa etária, grau de escolaridade, hábitos, classe social e também grupos de influência;
  • produto ofertado, considerando design, qualidade, composição, funcionamento e utilidades;
  • serviço que será prestado, considerando os procedimentos, materiais usados e também sua qualidade.

Por fim, para abrir uma empresa de Marketing Esportivo é preciso definir quais serão a missão, visão e valores. Dessa maneira, o profissional conseguirá promover um melhor alinhamento entre a marca e o esporte aos olhos do público.

Assim, a perícia traz melhores investimentos e orienta também a sua tomada de decisão sobre como eles podem ser realizados.

Como montar uma empresa de marketing esportivo: mercado de trabalho

Em suma, vale ressaltar que o profissional do ramo consegue atuar por conta própria, ao abrir uma agência com serviços especializados em Marketing Esportivo. Além disso, também é possível dar consultorias, fazer parte da equipe de eventos ou ser colaborador da empresa contratante, ou do clube.

Dessa maneira, trabalhar com Marketing Esportivo irá envolver a análise do investimento em alguma parceria, atleta, clube ou evento.

Bem como é preciso ser criativo para desenvolver ações, campanhas e passar ideias. Por exemplo, diversas marcas usam características comuns do esporte, como o trabalho em equipe, para promover valores, produtos e serviços.

Por fim, para fazer anúncios, patrocínios e produção de conteúdo você deve traçar um bom planejamento e implementação.

Como fica o Marketing Esportivo na era digital?

Mais um ponto importante, a crescente presença da tecnologia em hábitos cotidianos mudou o comportamento do consumidor. Assim como a forma pela qual ele se relaciona com marcas e instituições.

Sendo assim, um jogador de futebol que é a cara da sua marca não precisa mais estar em campo para poder promovê-la. Isso porque ele pode fazer isso até mesmo usando posts nas suas redes sociais.

Nesses casos, surgem outras dúvidas. Por exemplo, o que traz mais engajamento no Insta: stories ou posts no feed? Quanto você planeja investir? Qual será o perfil do atleta escolhido? No geral, essas perguntas só reforçam a importância de o profissional estar por dentro das tendências do Marketing Digital.

Então, o que você achou sobre como montar uma empresa de marketing esportivo? Deixe nos comentários.

Artigos Relacionados
- Advertisment -spot_img

Mais Populares

Comentários Recentes